Páginas

domingo, 15 de setembro de 2019

O documento arquivístico digital enquanto fonte de pesquisa



Revista Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 21, n. 4, p. 121-137, out./dez. 2016.


RESUMO: este estudo realiza uma reflexão sobre as transformações do documento arquivístico, contextualizando-o como fonte de pesquisa. Discorre-se sobre questões como a evolução das tecnologias da informação, suas consequentes vulnerabilidades e a perspectiva de acessar registros fidedignos. A metodologia consiste no levantamento bibliográfico de materiais previamente publicados, contando com livros, teses, dissertações e artigos científicos. Os dados coletados são analisados de forma qualitativa, e apresentados na forma descritiva. Tais aspectos configuram este estudo como um artigo revisão com caráter assistemático. A discussão está centrada em três pontos: confiabilidade, preservação e acesso. Estes pontos são debatidos com a finalidade de preservar documentos digitais fidedignos no longo prazo garantindo o acesso e a sua correta interpretação por parte dos usuários potenciais. Por fim, este estudo contribui para a sedimentação do documento arquivístico digital como uma fonte de pesquisa, e salienta a importância de uma revisão constante das práticas de preservação digital até que ela atinja a mesma expertise que a preservação tradicional.

sábado, 7 de setembro de 2019

Cadeia de custódia para documentos arquivísticos digitais


Artigo publicado na revista Acervo, Vol. 29, Nº 2 (2016), Arquivo Nacional: Rio de Janeiro - RJ.

Daniel Flores
Brenda Couto Brito Rocco


Resumo: Este estudo resgata a abordagem da cadeia de custódia para documentos arquivísticos analógicos e propõe sua reformulação com o objetivo de contemplar documentos arquivísticos armazenados em ambientes digitais. Para isso, discute-se a importância da manutenção de uma linha de custódia ininterrupta na implementação de sistemas informatizados para gestão, preservação e acesso aos documentos arquivísticos.

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

O DOCUMENTO DIGITAL NO CONTEXTO DAS FUNÇÕES ARQUIVÍSTICAS



Artigo publicado na revista Páginas a&b3ª série. Nº 5 (2016), Porto - Portugal.

Daniel Flores 


Resumo: A evolução das tecnologias da informação atinge diversas áreas do conhecimento. Neste contexto, ocorreu o advento do documento digital, responsável por transformações de ordem teórica e prática na Arquivística. Dentre estas transformações surge a necessidade de reformular conceitos como os de documento arquivístico e até mesmo a presunção de autenticidade.

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Responsabilidades de um Repositório Arquivístico Digital Confiável na perspectiva do Open Archival Information System


Publicado na revista Páginas a&b, Porto - Portugal.

Henrique Machado dos Santos
Daniel Flores 


Resumo: a preservação de documentos arquivísticos digitais requer intervenção humana, impreterivelmente mediada por políticas, estratégias e implementação de sistemas informatizados. Dentre os sistemas, observa-se que a implementação de um repositório digital em conformidade com o modelo Open Archival Information System (OAIS) é o princípio para assegurar a autenticidade, garantir a preservação e o acesso em longo prazo. Sendo assim,